Finanças para Veterinários

Um dos 10 MANDAMENTOS DO VETERINÁRIO DE SUCESSO …

“Separe as finanças da empresa das suas finanças pessoais”

 

Muitos dos Veterinários são empreendedores e estão aí lutando dia a dia para a saúde e perpetuação do negócio.
E tem um fator muito comum em negócios veterinários, o proprietário dessa empresa é um verdadeiro “faz tudo”
– Ele faz atendimento clínico
– Atende telefone
– Realiza cobrança
– Faz pedido com os fornecedores
– E se precisar ele cuida da limpeza também…
Então nesse cenário temos um empreendedor ocupadíssimo que mal tem tempo de tabular, organizar e analisar as finanças.

  • Então ele precisa sair 10 minutinhos correndo para almoçar – tira $$ do caixa
  • Ele precisa ir pagar uma conta no banco – tira $$ do caixa
  • Lembra que o carro está com o combustível na reserva – tira $$ do caixa
  • Vai reformar a clínica, mas é muito caro, vai ter que parcelar e a clínica não tem cartão de crédito então….usa o cartão pessoal e consequentemente o $$ pessoal…

E por aí vai…

Você já viu essa cena em algum filme?

Tenho certeza que esse é o cenário de muitos veterinários.
Não quero criticar, pq se você se organizar e no final do mês conseguir controlar quanto foi despesa e lucro do negócio e quanto foi despesa e lucro SEU. Tudo bem!
Agora acredito que a realidade seja bem diferente.
Aposto que no final do mês você não consegue fazer um fechamento fiel! Levantar custos fixos, variáveis, investimento, pagamentos de salários…
Saber quais são os maiores custos da sua empresa, e em tempo de crise, e é imprescindível você sentar na frente do computador analisar e ver os custos que podem ser cortados e minimizados. Você precisa conhecer suas entradas. Se não o seu faturamento será sempre uma torneira aberta com a água indo para o ralo…desperdício!!! Cuidado.

Pode ser que você perceba que o seu negócio está indo bem. Mas… isso é por conta da sua boa gestão ou o volume de serviços está alto?
Ou então seu negócio está fraco. Mas isso é por que você está com poucos serviços ou seu controle financeiro está ruim?
Levante essas respostas e comece agora mesmo um plano para reparar esse problema!

Uma postura importante é reconhecer que a empresa como uma pessoa! E ela é! Uma pessoa jurídica!

Já você é uma outra pessoa, você é uma pessoa física.
O seu bolso é um, e da sua empresa é outro!

Trazendo para prática, e para que você não tenha sérios problemas financeiros, as lições de casa seriam estas:
1) Defina o seu pro-labore ou salário e aprenda a viver com ele! É melhor ter as contas pagas e uma vida honesta do que dívidas, contas atrasadas e um estilo de vida que você não consiga sustentar.

2) Já quando sair do seu bolso pessoal para algum custo da empresa caracterize isso como um “investimento” e estime um período de “pay back”, em outras palavras quanto tempo irá demorar para você reaver o $$ do investimento.

3)Quando fizer um empréstimo para alguma melhoria ou giro de caixa do seu negócio veterinário tome cuidado! Esse dinheiro não é da empresa e não seu, e com certeza, com os juros do banco, está custando muito ter esse dinheiro, então cabeça no lugar e controle todos os gastos, isso pode custar o seu negócio… (essa dica é fundamental para quem está pensando em abrir o próprio negócio e para quem já é empreendedor).

4) Agora se você Já tem o seu próprio negócio e está difícil manter as finanças procure ajuda, seja do Sebrae, ou um sócio para te auxiliar nesse controle ou até mesmo um funcionário!

5) Se você quiser que eu te ajude de forma mais prática nesse conceito de gestão financeira adequada para o seu negocio, recomendo que também veja esse vídeo:  https://youtu.be/jxukXMHOIGg  

No mais conte comigo para o que você precisar 🙂
Gostou desse vídeo? Dá um curtir aqui embaixo e não esqueça de deixar seu comentário.

E se precisar, me envie suas duvidas no e-mail: contato@bensvet.com.br. Certamente, vou te responder!


Um grande Abraço!

Valéria Melo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *